20ABR

Série morar em Itajaí: qual o custo de vida?

Continuando nossa série morar em Itajaí, neste artigo vamos analisar o custo de vida da cidade, considerada uma das melhores para se morar em Santa Catarina.

Com uma localização privilegiada, a cidade conta com lindas praias e fácil acesso a vários municípios importantes do Estado. Abrigando um dos maiores portos do Brasil, Itajaí conta com uma economia forte e sólida, sendo terreno fértil para as empresas e indústrias que escolhem crescer na cidade.

Movimentando a economia e gerando oportunidades de emprego, Itajaí vem atraindo cada vez mais pessoas interessadas em proporcionar para a sua família mais tranquilidade e qualidade de vida – afinal, a cidade possui um altíssimo índice de IDH e oferece bons serviços públicos para a população. No entanto, para que este sonho se torne realidade, é necessário fazer uma boa dose de pesquisa quanto à viabilidade da mudança. E, principalmente, conseguir respostas para uma das perguntas mais importantes dos interessados: afinal, morar em Itajaí é caro?

Por isso, a Edificart preparou este artigo analisando o custo de vida de morar em Itajaí quanto aos pontos mais básicos de qualquer cidade: preços médios de mercado, moradia, educação, transporte e lazer. Confira a seguir!

Morar em Itajaí: qual o custo de moradia?

Quem pretende morar em Itajaí evidentemente precisa encontrar uma boa casa ou apartamento para viver com sua família. Mas qual o custo do aluguel por lá?

Esta é uma pergunta mais difícil de responder, pois os valores dos bens imobiliários podem variar bastante a depender do tamanho do imóvel e suas características. Apesar disso, podemos traçar algumas linhas gerais dos custos de locação de morar em Itajaí, sendo que o custo de moradia na cidade ainda é significativamente mais baixo do que os valores de grandes cidades, como Rio de Janeiro ou São Paulo.

Um apartamento de um quarto no centro da cidade tem valor médio de R$1.750,00 mensais. Um apartamento similar fora do centro, por sua vez, rende um bom desconto: o valor de locação é, em média, de R$1.200,00. Para famílias com necessidade de mais espaço, um apartamento de 3 quartos custa em torno de R$2.750,00 no centro da cidade, baixando para R$2.150,00 fora do centro. 

Para quem busca uma alternativa mais econômica, ainda há as quitinetes: R$925,00 na região mais cara, e R$750,00 fora do centro comercial.

Quais os preços médios de mercado?

O gasto mensal com alimentação é uma das informações mais importantes, sendo um dos custos mais expressivos de morar em Itajaí. Assim, vamos ver o preço de alguns itens comuns presentes na casa dos brasileiros nos mercados da cidade para proporcionar uma base de comparação com os custos do seu local de moradia.

Em Itajaí, 5 kg de arroz custam, em média, entre R$10 e R$20. O quilo do feijão, por sua vez, fica entre R$5 a R$10, enquanto o quilo do açúcar fica abaixo dos R$4. Um pacote de café de 500 gramas custa em torno de R$8, o litro do leite se encontra a partir de R$3, e o óleo de soja parte dos R$4. De forma geral, uma cesta básica para uma família custa em torno de R$600 mensais.

E da educação?

O custo da educação é um dos mais relevantes para quem quer morar em Itajaí com filhos. Neste sentido, temos uma ótima notícia: a cidade é conhecida pela qualidade de suas escolas públicas, e conta com altas taxas de escolarização. 

Quanto aos valores, para a educação infantil, a média das escolinhas varia entre R$200,00 e R$800,00 mensalmente. No ensino médio, os valores sobem: partem de R$300,00 e chegam até o custo de R$1.100,00, uma aproximação do custo da Univali – um dos mais altos da região. Por fim, para o ensino superior, os cursos em EAD oferecem valores competitivos com mensalidades abaixo de R$500,00, enquanto os cursos presenciais variam de acordo com a graduação.

Quanto custa o transporte?

No que se refere ao transporte, vamos ver os preços do serviço público e o custo de manter um carro na cidade. O bilhete básico de ônibus em Itajaí está na faixa dos R$4, enquanto o valor de uma bandeirada de táxi tem média de R$20, com custo de R$10 por um quilômetro rodado na tarifa normal. Para os donos de carro, o litro da gasolina custa perto de R$5, ou R$3,50 para o etanol.

E quanto o lazer pesa no bolso?

Para os passeios, uma das grandes vantagens de morar em Itajaí é a qualidade dos espaços turísticos, muito bem mantidos pela cidade que explora suas belezas naturais como um atrativo a visitantes. 

Assim, são várias as opções de locais para levar a sua família no final de semana sem grandes custos. No entanto, para uma base de outras atividades, o custo de um ingresso inteiro para o cinema está perto de R$30, enquanto as diversas opções gastronômicas da cidade para um jantar diferente variam de R$30 a mais de R$100 por pessoa, a depender da opção escolhida.

Gostou do que viu neste conteúdo? Pensa em morar em Itajaí? Conheça o Life Residence, nosso empreendimento disponível em Itajaí.