18MAI

Fundos imobiliários: saiba mais sobre eles

Os bens imobiliários, considerados um dos tipos de investimento mais seguros e com alto potencial de rentabilidade, tem como principal empecilho os altos custos associados à sua aquisição, que impedem muitas pessoas de realizar o sonho de fazer o seu investimento em imóveis. No entanto, com os fundos imobiliários, estas aplicações estão se tornando mais populares e acessíveis – permitindo que qualquer potencial investidor atento possa gerar renda com o mercado de imóveis.

Os fundos de investimento imobiliário são um ótimo ponto de entrada para quem deseja investir em imóveis. Com valores variados e grande leque de opções disponíveis, é possível encontrar fundos na faixa de investimento desejada sem dificuldade. Além disso, eles são particularmente atraentes para aqueles que desejam possuir um investimento imobiliário, mas não querem se envolver nas atividades de gerenciamento diárias.

Um fundo de investimento imobiliário reúne capital de muitos investidores e, em seguida, o administrador do fundo supervisiona todas as atividades, incluindo gestão de propriedade no caso de um fundo que compra e renova, ou nos trabalhos de manter a propriedade e gerenciar os usuários. Assim, investir em um fundo imobiliário é uma ótima maneira de gerar renda passiva para quem tem interesse em possuir um imóvel, mas não quer as responsabilidades da propriedade direta.

Neste artigo, veremos tudo o que você precisa saber sobre os fundos imobiliários, incluindo seus diversos benefícios, como funcionam e como os lucros são gerados e devolvidos aos investidores. Confira a seguir!

O que é um fundo imobiliário?

Um fundo de investimento é um “condomínio” de capital agregado em nome de vários investidores, que será aplicado em algum tipo de ativo. No caso do fundo de investimento imobiliário, estamos falando de um subconjunto específico de fundos que se concentram exclusivamente no investimento em propriedades imobiliárias com o fim de gerar renda.

Um fundo de investimento imobiliário é geralmente liderado por um administrador com alta experiência no setor imobiliário, que irá analisar cuidadosamente todas as oportunidades de investimento e, em seguida, selecionar as melhores para executar com o uso do capital do fundo. Assim, ao investir em um fundo, você transfere a quantia que deseja investir, e é a equipe do fundo (o administrador) que vai alocar seu dinheiro em diferentes propriedades.

No entanto, já existem também fundos criados para investimento em empreendimentos específicos, nos quais você será dono de uma parcela (ou cota) percentual referente ao valor investido e pode escolher onde colocar o seu dinheiro. Assim, os fundos de investimento imobiliário podem ser estruturados de várias maneiras, sendo alguns abertos ao público, enquanto outros estão disponíveis apenas para investidores credenciados.

Como funciona a geração de renda do fundo de investimento imobiliário?

Basicamente, existem 3 formas de obter rendimento de fundos imobiliários: através dos dividendos, da amortização e da valorização das cotas. Os dividendos são uma participação no lucro do fundo naquele mês, enquanto a amortização é a dissolução do fundo que ocorre quando os imóveis são vendidos e seus valores são distribuídos de forma proporcional a seus cotistas. Por fim, a valorização das cotas ocorre quando os imóveis ganham uma avaliação patrimonial melhor ou quando as cotas do fundo têm mais procura, elevando o valor da cota.

Assim, o investimento em fundos imobiliários é bem similar à compra de ações, com base em cotas de aplicação e retorno de acordo com a sua participação. Ao investir, você não está realizando uma aplicação direta em um ativo, e sim comprando cotas de um fundo – você se torna um cotista. A gestão do capital é realizada pelo gestor do fundo, e você paga uma taxa de administração para custear o serviço da equipe de gestão. Em troca, conta com a experiência dos gestores na escolha dos negócios mais rentáveis para o seu investimento.

Vantagens dos fundos imobiliários

Existem várias vantagens no investimento em fundos imobiliários. Além de contar com a gestão de um profissional especializado, os rendimentos distribuídos pelos fundos imobiliários a seus cotistas são isentos de imposto de renda. Além disso, os FIIs permitem que se invista com pouco dinheiro ou com quantias elevadas, a depender da preferência do investidor, e os custos da administração dos imóveis do fundo são diluídos entre todos os cotistas na proporção da sua participação, o que barateia o investimento.

Ao investir em fundos imobiliários, você também se beneficia de mais flexibilidade, pois em vez de aplicar todo seu capital em um imóvel, pode dividir em vários negócios diferentes, diminuindo os riscos. Por estes motivos, são indicados tanto para investidores experientes quanto para iniciantes, sendo de fácil manutenção e com ótimo potencial de retorno!

Tem vontade de investir e ainda não sabe o seu perfil de investimentos? Faça nosso teste e descubra qual e como começar!